BRASIL.GOV
Início
Corpo Editorial
Normas
Volumes
Submissão O n-line
Contato
Links Úteis

Normas


SÉRIE TÉCNICA FLORESTA E AMBIENTE
NORMAS PARA PUBLICAÇÃO        PDF
ON LINE

ISSN 1985-7775

ORIENTAÇÃO AO AUTOR

PRIMEIRA PÁGINA

Título - Objetivo e sucinto com no máximo 12 palavras. Todas as palavras em caixa alta e nome(s) científico (s) em itálico em texto centralizado, em negrito.

Autor (es) - Nome (s) do (s) Autor (es) deve (m) ser centralizado (s) em folha de rosto, abaixo do título, em negrito.

Apresentação - Deve ser escrita na folha que consta o título mostrando a relevância do assunto, devendo possuir entre 50 e 200 palavras.

TEXTO - Espaço duplo na primeira versão e espaçamento simples na versção final, em papel tamanho Carta (2,591x27,94 cm), com margem superior, inferior, direita e esquerda de 2,5 cm, fonte Times New Roman 12. O texto deve ser digitado em Word For Windows sem numeração de páginas

FIGURAS - Deverão ser centralizadas, com ou sem bordas, inclusive no texto, apresentadas em preto e branco. O título deve ser auto-explicativo, numerado em algarismo arábico, alinhado na margem esquerda e posicionado logo abaixo da figura. Aqui incluem-se, gráficos, fotografias (nítidas e com contraste), desenhos, etc.

Para publicar, o autor deverá enviar seu manuscrito ao Editor da SÉRIE TÉCNICA

FLORESTA E AMBIENTE, obedecendo rigorosamente as normas abaixo descritas. Cabe ao Editor, de imediato, recusar o manuscrito que não se enquadre dentro das normas vigentes. O manuscrito que se enquadrar no perfil exigido para publicação, será previamente analisado pelos Editores e só após, seguirá para o comitê consultivo. Os volumes serão publicados segundo o fluxo de demanda de trabalhos recebidos. Os trabalhos deverão conter obrigatoriamente entre 6 a 40 páginas. Nesta modalidade de publicação, não serão aceitos artigos que sejam cópias de outras fontes literárias ou artigos sem nenhuma contribuição didática, técnica ou cientifica. Caberão artigos provenientes de monografias, experimentações, base de dados, material didático, etc.

As publicações deverão enquadrar-se nas sub-áreas definidas pelo CNPq:
5.02.01.00-0 - Silvicultura
5.02.02.00-6 - Manejo Florestal
5.02.03.00-2 - Técnicas e Operações Florestais
5.02.04.00-9 - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
5.02.05.00-5 - Conservação da Natureza
5.02.06.00-1 - Energia de Biomassa Florestal


Exemplos:
Figura 2. Flutuação populacional (log (x+1)) de indivíduos das famílias Aphodiidae, Carabidae e Melolonthidae coletados em plantio de E. urophylla no município de Três Marias, MG.

TABELAS - Devem ser incluídas no texto. O título deve ser auto-explicativo, alinhado na margem esquerda e posicionado acima da tabela, com numeração em algarismo arábico.

Exemplos:
Tabela 2. Quantificação dos componentes para mensuração do tempo e temperatura da hidratação do cimento na ausência e presença de partículas.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS - No texto devem ser citadas de forma corrida, segundo a ABNT. Recomenda-se evitar citação de resumos simples, somente citando resumos expandidos de Congressos ou de outro evento científico de mesma natureza. Só será aceito uma citação da rede de computadores.

No texto:
Gottlieb (1996) destaca as atividades antioxidantes dos metabólitos secundários e afirma que a proteção contra os efeitos deletérios do oxigênio é a função principal dessas substâncias.

Outras espécies utilizadas, embora em pequena escala, são a Gmelina arborea e Araucaria angustifolia; esta última com sua exploração suspensa (D'almeida, 1988).

Dois autores: Stell & Torres (1989) ou (Stell & Torres, 1989)
Mais de dois autores: Valle et al. (1998) ou (Valle et al., 1998)

Na referência bibliográfica:
Digitar a referência na margem esquerda usando-se espaço simples (um) entre as linhas e espaço duplo para separar as referências entre si.

LITERATURA CONSULTADA - Utilizadas para artigos provenientes de anotações de aula. Neste caso não há obrigatoriedade de citação no texto.

Livros e folhetos:
HARBORNE, J.B. Introduction to ecological biochemistry. 3.ed. London: Academic Press, 1988. 382 p.

Artigos publicados em Revista Científica:
LATORRACA, J.V.F.; ALBUQUERQUE, C.E.C. Efeito do rápido crescimento sobre as propriedades da madeira. Floresta e Ambiente, Seropédica, V.7, n.1, p.279-291, 2000

Monografias, Dissertações e Teses:
ROQUE, R.M. Manejo de Virola surinamensis no estuário amazônico.1998. 75f.
Monografia (Especialização em Ciênias Ambientais) - Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica.

PAIVA, S. R. Aspectos da biologia celular e molecular de espécies de Plumbaginaceae. 1999. 120f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

BRITO, E. O. Produço de chapas de partículas de madeira a partir de maravalhas de Pinus elliottii Engelm. Var. Elliottii plantado no sul do Brasil. 1995. 120 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Congressos, Conferências, Encontros e outros eventos:
CONGRESSO BRASILEIRO DE FLORESTAS TROPICAIS, 1., 1985, Belém. Anais... Belém: Livros Técnicos, 1985. 320 p.

Normas Técnicas:
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR-6023: informaço e documentação - referências - elaboração. Rio de Janeiro, 2000. 22 p.

Patente:
NOGUEIRA, M.M. Branqueamento de celulose kraft atravês de oxigênio. BR. n. MT023467, 31 maio 1978. p.27.

CASA ERLAN LTDA (Seropédica). Marcos Antônio da Silva. Embalagens especiais. BR n. DT456345, 12 outubro 1990.

Referências legislativas:
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO. Portaria n. 187, de 16 de setembro de 1998. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 24 set. 1998. Seção 2, p. 8301-8302.

Citação de citação:
DIX, B.; MARUTZKY, R. Untersuchungen zur Gewinnung von Polyphenolen aus Nadelholzrinden. Holz als Roh- und Werkstoff, München, v. 41, p. 45-50, 1983 apud DIX, B.; OKUM, J.;

ROFFAEL, E. Tannine als Bindemittel in Holzwerkstoffen. Teil 1. Eigenschaften tanninhaltiger Fichtenrindenextrakte. Holz-Zentralblatt, Stuttgart, v. 125, p. 385, 1999

Capítulos de livros:
KUITERS, A.T.; van BECKHOVEN, K.; ERNST, W.H.O. Chemical influences of tree litters on herbaceous vegetation. In: FANTA, J. (Ed.) Forest dynamics research in Western and Central Europe. Wageningen: Pudoc, 1986. p. 140-170.

Trabalhos apresentados em Congresso:
FERNANDES, F.S.; FERREIRA, M.C. STAPE, J.L. Sistemas alternativos de produção de mudas de Eucalyptus. In: CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO, 5., 1986, Olinda. Anais... São Paulo: Soc. Bras. de Silvicultura, 1986. p. 73.

SILVA, E.A.; LARA, F.M. Influência de genótipos de Solanum spp na predação de Myzus persicae por Cycloneda sanguinea. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 7., 1998, Rio de Janeiro. Resumos dos trabalhos apresentados... Rio de Janeiro: Editora Nova, 1998. p. 23.

BARNETT, J.P. Relating seedling morphology and phisiology of container-grown southern pines to field success. In: CONVENTION OF THE SOCIETY OF AMERICAN FORESTERS, 1983, New Orleans. Proceedings... New Orleans: USDA, 1983. p. 405-409.

Artigo de Jornal:
NUNES, E. Madeiras alternativas da Amazônia. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 14, 20 ago. 2000.

Traduções:
WILLEITNER, H. Proteção Florestal. Tradução de Marcos Peixoto. São Paulo: Nova, 1985. 360 p. Original inglês.

Trabalhos aceitos para publicação:
ALMEIDA, M.V. Qualidade da madeira de E. urophylla da região de Seropédica. Floresta e Ambiente, Seropédica, 2001. No prelo

SANTANA, R. Effect of the fost growth on the wood. Floresta e Ambiente, Seropédica, 2001. In press.

Documentos eletrônicos:
BELLATO, M.A.; FONTANA, D.C. El niño e a agricultura da região Sul do Brasil. Disponível em:
Documentos CD - Rom:
PALMA, H.A.L.; BALLARIM, A. W. Demarcação e densidade da madeira juvenil e adulta de Pinus taeda L. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURA DE MADEIRAS, EB 117.01, 2002, Uberlândia. Anais.... Universidade Federal de Uberlândia, 1 CD - Rom.

Os trabalhos deverão ser enviados para o Conselho Editorial da SÉRIE TÉCNICA FLORESTA E AMBIENTE em disquete acompanhados de três cópias impressas sendo uma com o nome (s) do autor (es). Ao autores serão concedidos 10 exemplares gratuitos.

OBS. A série técnica não possui revisor de português. Qualquer artigo publicado será de inteira responsabilidade do autor.

Editor Executivo: Carlos Alberto Moraes Passos
Editor Assistente: Rosilei Aparecida Garcia

ENDEREÇO
Instituto de Florestas, UFRRJ, Br 465 Km 07, Seropédica, Rio de Janeiro, CEP. 23890-000
e-mail:floram@ufrrj.br
Homepage: www.if.ufrrj.br/st
Tel/Fax: (0XX21) 2682.1128

                                             2009 Todos os direitos reservados - UFRRJ - IF      -Criação-

Valid CSS!
Valid XHTML 1.0 Strict